As funcionalidades do Ácido Hialurônico na pele

Com certeza você já escutou alguém falar sobre o ácido hialurônico, altamente comentado na mídia atualmente.

O tão aclamado ácido hialurônico é uma estrutura orgânica que encontramos naturalmente em toda extensão da pele. Apesar de carregar o nome de ácido, é uma molécula de água extremamente hidratante que se localiza em torno do colágeno, este, detém o potencial de “segurar” essas moléculas de água em volta de sua própria estrutura.

O ácido hialurônico está presente em vários dos nossos tecidos, mas aqui vamos aprofundar mais em sua presença na pele, onde tem a rica função de hidratá-la de dentro pra fora, e com sua ação preenchedora, deixar a pele mais lisa, com menos flacidez e sinais de envelhecimento menos aparentes.

Mas como conseguimos repor este tão potente ativo?

Ao passar dos anos nossa produção natural de ácido hialurônico vai gradualmente sendo diminuída, ao passo que a perda se torna mais rápida.  Vale ressaltar, que o ácido hialurônico não é capaz de ser obtido através da alimentação. A sua obtenção se dá através do uso de dermocosméticos desenvolvidos para a melhor penetração dessa estrutura molecular em nossa pele.

Precisamos falar então, sobre o peso molecular do ácido hialurônico. O funcionamento se dá assim: quanto menor o peso molecular do ácido, maior a sua capacidade de penetração na pele e maior o preenchimento. Já, quanto maior o peso molecular do ácido, menor é sua capacidade de penetração e hidratação.

E como ele entra em nossa pele?

Para que haja essa maior penetração e consequente hidratação e preenchimento da pele, é preciso que o ácido hialurônico seja envolvido por permeadores com o peso molecular menor necessário. Esses permeadores são os silanóis, que podem colocar até 10% de ácido hialurônico dentro de nossa pele, entregando-o à nível dérmico e deixando a pele com a aparência mais saudável.

É importante também ressaltar que, para o ácido hialurônico se manter em nossa pele, é preciso que a estrutura do nosso colágeno esteja bem organizada, para que ele possa aderir o ácido e segurá-lo em nossa pele. Por isso é necessária a manutenção de uma dieta mais protéica e rica em colágeno em nosso dia a dia.

Aliás, quanto mais ácido hialurônico recebemos através da pele, mais estimulamos o nosso organismo a produzi-lo. Portanto, o uso do ácido hialurônico através de dermocosméticos é fundamental para a manutenção de uma pele saudável e sempre bonita.

Alguns dermocosméticos da Be Belle que contêm o ácido hialurônico:

Be Soft –  contém Hyaxel®, nanotecnologia que entrega o ácido hialurônico com 10% de concentração. Usar 2 vezes por dia no rosto, pescoço, colo e mãos durante todos os dias da semana.

Pearly Booster Caviar – associada ao Be Soft, traz um efeito preenchedor muito mais intenso e rápido.

Água Termal – além de conter antioxidantes como magnésio, cobre, zinco e silício também contém Hyaxel®. Usar 2 borrifadas de 2 a 4 vezes por dia.

Protetor Solar Bonelli Solare – além de ter proteção PPD e FPS, possui o Hyaxel® em alta concentração que entrega o ácido hialurônico dentro da pele.

Pearly Booster Resveratrol – sérum altamente permeável que entrega o resveratrol e o ácido hialurônico.

Todos esses produtos da Be Belle podem ser associados, pois possuem uma base biocompatível com a pele, de forma que um não atrapalha a absorção e permeação do outro.

Agora que você sabe sobre o grande poder do ácido hialurônico em dermocosméticos, é só começar a usar produtos com essa poderosa molécula em sua rotina de beleza.

Neste episódio do nosso Podcast, a especialista Ludmilla Bonelli nos da uma verdadeira aula sobre o tema. Siga no nosso Instagram para ficar por dentro de mais conteúdos com esse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *